Início política Moçambique propõe cooperação internacional para por fim a pesca ilegal

Moçambique propõe cooperação internacional para por fim a pesca ilegal

48
0
Publicidade
Fleetrack Moçambique, SA

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, instou numa reunião em Maputo a uma união de esforços regional e internacional para criminalizar e punir severamente a prática da pesca ilegal.

Nyusi fez este apelo durante a cerimónia de lançamento da construção do Centro Regional de Coordenação de Monitorização, Controlo e Fiscalização (MCSCC) da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

Publicidade
Decoração DK Eventos

O presidente destacou a necessidade de classificar a pesca ilegal como um crime transnacional e de tomar medidas rigorosas para lidar com os efeitos prejudiciais dessa prática. Nyusi enfatizou que esta cooperação internacional é crucial para proteger os recursos marinhos e combater as atividades ilegais nos oceanos.

O MCSCC, cuja construção foi iniciada em Katembe, nos arredores de Maputo, contará com financiamento do Banco Mundial e servirá como um centro de coordenação regional para a monitorização e fiscalização das atividades de pesca. Esta iniciativa visa combater a pesca ilegal, não regulamentada e não declarada (IUU) na região da SADC.

O presidente moçambicano sublinhou a importância de abordagens integradas e transfronteiriças para lidar com desafios marinhos, incluindo a exploração ilegal de recursos, a poluição e outras atividades criminosas nos oceanos.

Nyusi enfatizou a necessidade de uma abordagem holística para garantir a sustentabilidade dos recursos marinhos e promover a economia azul na região.

Por fim, Nyusi reiterou o compromisso de Moçambique em promover a segurança marítima e a gestão sustentável dos recursos marinhos. Ele enfatizou a importância de proteger os oceanos e assegurar que eles continuem a ser uma fonte vital de alimento e rendimento para as comunidades costeiras.

O presidente concluiu destacando a urgência de uma ação coletiva para combater a pesca ilegal e proteger os recursos marinhos para as gerações futuras.

Publicidade
Internet de Moçambique,SA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui