Início política Governo altera gabinete de assistência aos antigos presidentes da República

Governo altera gabinete de assistência aos antigos presidentes da República

14
0
Publicidade
Fleetrack Moçambique, SA


Reunido ontem na sua 14.ª Sessão Ordinária, o Conselho de Ministros aprovou o Decreto que revê o Decreto n.º 61/2009, de 8 de Outubro, que cria o Gabinete de Assistência aos Antigos Presidentes da República e Atendimento dos Dirigentes Superiores do Estado (GADE).

Segundo uma nota, a revisão visa redefinir a natureza, tutela, atribuições, competências e o funcionamento do GADE, para adequá-los aos desafios impostos pelas reformas, introduzidas pela Lei n.º 1/2018, de 12 de Julho, que revê a Constituição da República, em matéria de Governação, que culminaram com a criação de novos órgãos de Governação Descentralizada Provincial e dos órgãos de Representação do Estado na Província e Cidade do Maputo, bem como pela Lei n.º 33/2014, de 30 de Dezembro, que aprova o Estatuto do Líder do Segundo Partido com Assento Parlamentar.

O Governo aprovou, igualmente, o decreto que revê o regulamento do Fundo de Garantia de Depósitos, instrumento aprovado pelo Decreto n. º 49/2010, de 11 de Novembro.

A revisão visa adequar as normas que regulam o funcionamento do Fundo de Garantia de Depósitos, no âmbito da gestão do Sistema de Garantia de Depósitos, aplicáveis às instituições de crédito que captam depósitos do público, pessoas singulares e colectivas, que sejam titulares de depósitos constituídos junto das instituições de crédito, com vista a imprimir uma nova dinâmica, bem como alinhá-las às boas práticas internacionais e ainda introduzir a vertente do financiamento das medidas de resolução.

Ainda na sessão de ontem, o Executivo aprovou o regulamento de actividade de prestação e exploração do serviço postal. O Regulamento estabelece o regime da prestação do serviço postal no território nacional e internacional, com origem ou destino no território nacional, aplicável às entidades públicas ou privadas que prestam serviços postais, com pontos de acesso físico e eletrónico.

O comunicado enviado ao “O País” indica ainda que foi aprovado o decreto que aprova o regulamento de qualidade do serviço postal, instrumento que estabelece o regime jurídico aplicável aos parâmetros e metas de qualidade de serviços, que orientam a exploração de serviços postais, prestados pelos operadores públicos e privados.

Publicidade
Internet de Moçambique,SA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui