Publicidade
Facim 2024
Início política Manuel Tule, António Muchanga E Fátima Mimbire vão disputar a província de...

Manuel Tule, António Muchanga E Fátima Mimbire vão disputar a província de Maputo

0
15
Publicidade
Easyhost Moçambique, SA
Publicidade
Voip Telecom, SA




Já são conhecidos os candidatos a governadores da província de Maputo nos três partidos políticos com assentos no parlamento. Tratar se de  Manuel Tule da Frelimo que vai disputar com António Muchanga da Renamo e Fátima Mimbire do MDM.

O Partido Renamo anunciou na terça-feira os seus candidatos a governadores Provinciais e ficam, assim, conhecidos os cabeças de lista dos três partidos políticos com assento no Parlamento, que vão disputar a gestão de 10.

Conhecidos os nomes, o destaque vai para as províncias de Maputo, Zambézia, Nampula, Sofala e Manica cuja bagagem política dos candidatos promete um processo bastante renhido.

Na província de Maputo, um dos palcos de grande disputa e contestação de resultados nas eleições Autárquicas de 2023, a Frelimo tem como aposta o docente e antigo membro da Assembleia Provincial, de 53 anos de idade Manuel Tule, actual Governador da província, que substituiu Júlio Parruque, edil da Matola.

Nesta província, Tule tem a sua frente o político da Renamo António Muchanga, que disputou e perdeu a província em 2019, para além das largas derrotas, contestadas, nas autárquicas de 2018 e 2023.

Já o MDM quer dirigir a província colocando no confronto a mediática e estreante activista social Fátima Mimbire, que aliás deixou claro não ser membro do partido.

Na zona centro, na província da Zambézia espera-se um processo extremamente renhido. É que se prevê uma espécie de segunda volta na disputa pelo trono da província entre o popular e actual edil de Quelimane Manuel De Araújo, da Renamo, e Pio Matos Governador da província, depois de Araujo perder as eleições de 2019.

Neste palco, o MDM confiou a Bruno Dramusse, cabeça de lista do partido nas autárquicas de 2019, a missão de governar a província, embora esteja ligeiramente em desvantagem diante dos seus adversários.

Ainda no centro, a província de Sofala, um território outrora dominado pela Renamo, tem no ringue pela Frelimo, o actual Governador da província Lourenço Bulha, que tudo fará para não perder o trono, nem para André Magibire, antigo Secretário-Geral da Renamo que está de volta à política activa, muito menos José Domingos, antigo Secretário-Geral do MDM.

Em Manica, a Renamo elegeu Saimone Macuiane para tentar tirar o poder da Frelimo, que uma vez mais confiou na actual governadora Francisca Tomás para disputar o pleito, diante de uma desesperada intenção de recuperar o domínio perdido há 10 anos.

Elisa Sabão, cabeça de lista do MDM, na província.

Na capital do norte, a província de Nampula, há menos emoções previstas, até porque os três partidos enviaram para a corrida estreantes naquela posição. A Frelimo não quis renovar com o actual governador Manuel Rodrigues e quer colocar no seu lugar Eduardo Abdula. Mas terá como adversários o padre Fernão Magalhães, cabeça de lista do MDM, e Abiba Linha, da Renamo.

Publicidade
DK Eventos

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui